Horizonte Carmim – Domínios de Amon

Demorou mas saiu a edição de 2017 de Horizonte Carmim!
Baixem e curtam a história do ancião Nosferatus Amon e fique por dentro dos subterrâneos de Belo Horizonte!
Importante lembrar que é necessário baixar as outras edições disponíveis em nosso site.
OBS: Feedback é muito importante. Conte-nos o que achou.

Horizonte Carmim – Domínios de Amon (Download)

EIRPG: Entrevista EXCLUSIVA com Mark Rein-Hagen!

EIRPG Logo

Três Palavras: MARK REIN-HAGEN!

Mark Rein-Hagen e Associação Ethernalys RPG juntos!

Mark Rein-Hagen e Associação Ethernalys RPG juntos!

Durante a sexta, sábado e domingo, Mark esteve pelo evento e quem quisesse tirar uma foto e trocar uma ideia, era só pedir que ele aceitava com toda a sua simplicidade e humildade. Na sexta e domingo estava marcado para uma sessão de autógrafos e para o sábado, sua palestra sobre RPG. Com a repercussão da sua presença, acabou de no sábado e domingo haver a palestra com sessão de autógrafos e fotos, para não deixar nenhum fã de fora. Já imaginando a loucura que seria o final de semana, principalmente em relação a filas, optei em entrevistá-lo na sexta, já que estava bem calmo. Então previamente selecionei só algumas perguntas para fazer (com o tempo que restou, poderia ter feito até mais).

Ethernalys: O que acha do cenário atual de RPG, com tantos títulos independentes sendo lançados?

Mark Rein-Hagen: Eu acho os jogos muito legais, mas uma pena ser um mercado tão pequeno. Na América, todos as grandes empresas se foram, apenas a Wizards of the Coast e Pathfinder que ainda dão grandes passos. A maioria dos designers de jogos fazem tudo eles mesmos (o jogo, layout, a arte…). Mas acho que o RPG vai voltar, tem sempre seus altos e baixos, sabe.

EE sobre o seu jogo “Succubus“? Eu vi que não conseguiu atingir o mínimo no KickStarter, pretende tentar de novo?

MRH: O que faremos é terminar as cartas e colocá-las no DriveThru RPG e as pessoas podem imprimir num deck por 12 dólares, podendo jogar. A partir do momento que forem convencidas do jogo, vão querer comprar.

EO que achou do novo caminho que o Mundo das Trevas tomou?

MRHAcho que foi uma boa inovação em termos de regras, mas acho que mudaram muito o mundo e deixaram muitas pessoas decepcionadas com isso. Poderiam ter feito menos mudanças.

ERealmente muitos não gostaram… mesmo com as regras mais simples de jogar…

DSC06663MRHSim, estão melhores, isso sim, mas é triste tantas mudanças. Então acho que foi um erro.

EE sobre seu novo jogo, o “I Am Zombie“, alguma previsão de lançamento?

MRHDepende do arrecadamento do KickStarter. Por agora precisamos de mais 7 mil dólares, senão não teremos sucesso. Estou muito preocupado com isso, mas esperançosamente vai acontecer, é só mais um pouquinho.

EEntão talvez saia até o final do ano?

MRHProvavelmente começo do ano que vem. É muito trabalho a se fazer com o RPG. Muito mais que qualquer outra coisa. Te exige muito.

DSC06667EBom, acho que é só. Pensei que hoje estaria mais cheio, logo, reduzi as perguntas…

MRHSem problema, caso haja mais alguma coisa que eu possa responder nos próximos dias, estarei por ai.

ECom certeza, mas acho que estará uma loucura.

MRHJusto!

EMark, muito obrigada!

PS:

E: Uma última! Aparição: O Limbo era realmente amaldiçoado? Houve algum acontecimento sobrenatural no desenvolvimento do jogo?

MRH: (risos) É, pode se dizer que aconteceram algumas coisas estranhas durante o processo de lançar o jogo. Algo vindo direto do Limbo (risos).

É isso ai, galera! Espero que tenham gostado. Logo menos postarei sobre a palestra e as perguntas que houve lá na íntegra.

E cá está mais uma recompensa pro nosso inventário:

O Autógrafo!

O Autógrafo!

Para conferir as fotos do evento, acesse nossa página do Facebook!

Por Carol Sanchez.

 

RPG Pará #26: Dungeon World

Galera de Pará,

Vem aí mais um RPG Pará! Essa será a 26ª edição, acontecerá no dia 09/06 e o tema será Dungeon World, da Secular Games.

Esse circuito de encontros é mensal, organizada pelos colaboradores do Portal RPG Pará e realizado no espaço cultural da Saraiva Megastore Belém no Boulevard Shopping.

 

Para mais informações, acessem o link do evento ou cliquem na imagem:

 

Cartaz-2013-05-P

É isso aí, galera em todo o Brasil promovendo eventos de RPG! E nós apoiando sempre!

Por Carol Sanchez

Feliz dia do Orgulho Nerd!

Nerd Power

Ethernos!

Tomo a liberdade de abrir um parênteses no tema RPG no site, neste dia glorioso para nós, para evocar um texto de uma grande pessoa, que contribui muito para o cenário de RPG e nerdises em geral, o Aléssio Esteves, publicado a exatamente um ano, no blog do Contraversão.

Sintetiza tudo que nós sentimos por ser isso que somos, Nerd (e com orgulho!). Old But Gold!

Leiam e reflitam (com suas toalhas, por favor =]):

http://contraversao.com/manifesto-orgulho-nerd-eu-tenho/

RPG, Literatura e Educação

Hoje, no site da Gazeta do Oeste, saiu uma reportagem sobre a ligação do RPG com a literatura e a educação.

O jornalista Douglas Fernandes, assessor de imprensa e professor universitário, e o professor Ronan Barros explicam a importância do jogo dentro da educação, como eles auxiliam no processo educativo e como ainda há muito preconceito em cima do RPG.

“Pouca gente conhece o RPG. Pode-se contar nos dedos. As pessoas têm medo do que não conhecem e adoram acusar. O RPG trabalha com o lúdico, assim como um livro, um filme ou um vídeo game trabalha. Mexe com a interpretação, só isso, é uma brincadeira”, define Ronan.

Ao se tratar do caso mais conhecido envolvendo o RPG, o da Aline em Ouro Preto que recebeu 17 facadas em 2001,  Douglas conta que “o caso chamou a atenção na época e o jogo foi atacado e criticado. A grande mídia caiu em cima, com base no senso comum, não procurou ir além”. Já para Ronan Barros, “nenhum caso ficou comprovado. Em alguns deles os suspeitos nem sequer sabiam qual era o RPG mais famoso do planeta.(…)”.

Eu, sendo arte-educadora, acredito, SIM, que o RPG pode ter grande impulso dentro da sala de aula, ajudando, aprimorando e complementado nos estudos dos alunos.

Na reportagem, Ronan, ao ser questionado se é aconselhável o jogo ser implantado, afirma com veemência: “Deve! Você pode ensinar muito conteúdo para as pessoas, mas ensinar as pessoas a elaborar suas próprias decisões é uma coisa que não tem preço. O RPG faz isso muito bem, por tratar com o lúdico, fazer imaginar e elaborar.(…)”. Continue reading »

6º Encontro de RPG em Aracaju!

6º Encontro de RPG em Aracajú

Galera de Sergipe, mais especificamente Aracaju, não percam o 6º Encontro de RPG!

Os principais pontos que você precisa saber:

  • O tema desse mês é suspense, horror, medo.
  • A entrada é franca!
  • Mestres, se pré-cadastrem no site para abrir sua mesa, mas lembrem-se que a ideia principal é difundir o hobbie aceitando novos jogadores.
  • Será um ambiente familiar e o objetivo é se divertir, então nada de ficar falando alto, criticar os jogos alheios e sistemas que não é de seu agrado.

 

Ele é um evento MENSAL e acontecerá no próximo final de semana, dia 26/05 (domingo) às 14h.

Para saber muito mais, acessem o site: 6º Encontro RPG Aracaju

E a Fan page no Facebook: Encontro RPG Aracaju

 

E sempre que pudermos e encontrarmos iniciativas desse tipo, iremos difundir para que todos saibam o que está acontecendo Brasil a fora!

 

Por Carol Sanchez

Sessão de autógrafos com o Sexteto Tormenta

Sessão de autógrafos com o Sexteto Tormenta

Sessão de autógrafos com o Sexteto Tormenta

Curte Tormenta e está/é de São paulo? Então venha conferir a sessão de autógrafos que a Jambô Editora está promovendo!

Além de conhecer o Sexteto Tormenta e pegar autógrafos, você também poderá comprar novos lançamentos do cenário e de 3D&T.

Dia: 31.Maio

Horário: a partir das 18h.

Local: Geek.Etc.Br

Alameda Santos, 2132 – Loja 122

Conjunto Nacional, São Paulo, SP

(Há entrada pela Av. Paulista também)

Para mais informações, acessem a página da Jambô no Facebook aqui.

Por Carol Sanchez.

Pernas pra que te quero!

A importância da saída estratégica em uma batalha.

 

Uma hora, todos precisam correr.

Uma hora, todos precisam correr.

Desonroso para uns, úteis para outros. A fuga durante (ou mesmo antes) da batalha sempre causa polêmica e, às vezes, motivo de chacota. Mas esse ato vai muito além e tudo é feito em nome da sobrevivência.

Poucos pontos de vida, poções de cura escassa, sem armadura, desvantagem numérica. Esses são os fatores mais comuns que levam os aventureiros a uma recuada para um abastecimento. Geralmente o mestre cria essa situação para colocar um clima na história. É comum o vilão aparecer na primeira vez já “botando pra quebrar”, mostrando que é forte e que os inimigos têm que temê-lo. Essa estratégia força os jogadores a recuarem, pensar em um plano e, de quebra, nutrir aquela vontade de dar o troco no malfeitor. Jogadores orgulhosos dificilmente entenderão isso. Neste caso, é bom que o mestre os oriente para que aceitem esse recurso de bom grado em nome de uma boa história. Vale lembrar que a ideia não é apenas recuar, mas, ao fazer isso, tentar levar alguma informação como: o tamanho do grupo de kobolds, quem era o líder dos mercenários, qual era o ponto fraco do Feiticeiro etc. São algumas informações as quais o mestre pode permitir que os aventureiros consigam antes da “saída estratégica”, para que essa fuga não seja em vão, muito menos vergonhosa.

Recuar e lamber as feridas é menos vergonhoso do que uma morte humilhante, sem chance alguma de vitória. Como diz o ditado: “Recuar só se for para pegar impulso”.

 

Por Rafael Alves.

Novo livro de Leonel Caldela – O Código Élfico

Leonel Caldela já está com a pré-venda de seu mais novo lançamento: O Código Élfico. Ele promete mexer com a mente de todos nesse mais novo e fantástico livro. O autor tem vários títulos como O Caçador de Apóstolos, O Inimigo do Mundo, O Crânio e o Corvo, O Terceiro Deus, além de outros dentro da linha de jogos Tormenta. Conhecendo suas obras já lançadas e seu esforço, sabemos que valerá a pena ter esse livro ou até mesmo presentear os fãs do Kult nos tempos modernos.

capa-O-Código-Élfico-Leonel-Caldela-590x811

O Código Élfico

Confira a sinopse do livro:

“Numa pequena cidade chamada Santo Ossário, vive Nicole, uma jovem vítima das mais improváveis lendas urbanas, com um passado misterioso envolvendo assassinatos e rituais a uma deusa oculta.

Em Arcádia, um mundo habitado por elfos, vive Astarte, que diariamente treina arquearia e disciplina élfica, até o dia em que descobre a que é destinado: escravizar os humanos a mando da deusa Rainha, sua mãe.

A cidade é o grande portal que une os dois mundos. Mas Astarte rebela-se contra os elfos e une-se a Nicole contra o mal da Rainha e seus seguidores. Um encontro explosivo que provará que qualquer um pode ser um guerreiro e lutar por aqueles que ama.”

 

Quer saber onde ele pode ser encontrado em pré-venda? Veja nesses Links da Livraria Saraiva, Travessa, Livraria Cultura e Livraria Folha.

 

Conheça mais sobre o Leonel Caldela aqui.

 

 

Por Walison Jorge.